Como Criar uma Estrutura de Site que Melhore o SEO subir nos Ranking


Quanto melhor e mais lógica a estrutura do seu website, mais benefícios de UX e SEO, entre outros, você vai ver. Para decidir como seu website deve se estruturar, você vai precisar de tempo para refletir.

Neste guia, você vai entender o que são estruturas de website e por que elas são importantes. Vamos nos aprofundar nos quatro tipos de estruturas de website e como escolher a certa para o seu website.

Por fim, vamos te mostrar como desenhar e desenvolver a estrutura certa para o seu website.

O Que É a Estrutura de um Site?

A estrutura de um website diz respeito a como as informações são colocadas ali, como o design delas é feito e como as páginas se conectam umas com as outras. 

Algumas das principais razões pelas quais visitantes saem de um website são devido a uma estrutura pobre. 73,1% das pessoas disseram sair de websites com design não-responsivo e 34.6% disseram ser devido a uma estrutura pobre de conteúdo. 

Os websites têm uma janela pequena para causar uma boa impressão, caso contrário os visitantes vão procurar outro website.

São muitos os elementos que compõem uma boa estrutura de website, que inclui taxonomias, hyperlinks internos, breadcrumbs, navegação e schema.

Por Que a Estrutura do seu Site é Importante?

Existem três razões principais pelas quais a estrutura do seu website é importante.

Primeiro, uma estrutura lógica e bem planejada é superb para a Experiência do Usuário (UX). 88% dos consumidores on-line dizem estar menos inclinados a voltar a um site depois de uma experiência ruim. Os websites mais fáceis de navegar criam uma experiência sem atritos ou frustrações para o seu público.

Segundo, e talvez tão importante quanto o primeiro ponto, é a otimização para mecanismos de busca (SEO). Mais de 25% dos profissionais de SEO acreditam que dados estruturados são um fator de SEO em ascensão e 36.6% acreditam que a atualização do Google Core Web Vitals vai ser um dos componentes mais importantes de uma estratégia de SEO no futuro. 

Garantir que seu website está bem colocado, de fácil acesso para os mecanismos de busca, e mapeado adequadamente, vai facilitar para que seu conteúdo seja indexado. 

Por fim, uma estrutura intencional ajuda a evitar a canibalização de palavras-chave. Isso significa que conteúdos sobre assuntos semelhantes vão ser separados e organizados entre si, dando aos usuários e bots de monitoramento uma ideia clara da intenção de cada peça. 

Estruturas de Site Prime-Down X Backside-Up 

Os quatro tipos de estruturas de websites se enquadram em duas categorias: top-down ou bottom-up.

Estruturas diferentes se aplicam a objetivos diferentes e há prós e contras para cada abordagem. 

Um desafio das estruturas top-down é que tudo precisa ser planejado desde o início. Depois de estabelecido, é impossível mudar o fluxo geral e a configuração do website. 

Por outro lado, essa estrutura lógica vai tornar mais fácil tanto para os usuários quanto para os robôs dos mecanismos de busca navegar pelas suas páginas.

Quanto à estrutura de website bottom-up, seu principal ponto positivo é que ela pode ser construída ao longo do tempo, permitindo que você siga fazendo ajustes. Mesmo que essas estruturas sejam melhores para os proprietários dos websites, elas podem tornar a experiência mais difícil para os usuários e mecanismos de busca.

Os 4 Tipos de Estruturas de Site

Detalhamos abaixo os quatro principais tipos de estruturas de website usadas hoje em dia e quando cada uma delas é mais adequada.

1. Hierárquica

A estrutura hierárquica, também chamada de estrutura de árvore, é a estrutura de website mais conhecida. Ela é usada tanto em páginas maiores, de categorias mais gerais, quanto em páginas individuais, menores.

Um exemplo disso se dá em sites de e-commerce com categorias de produtos de nível alto (ex.., camisas), que se dividem em categorias menores (ex., camisetas, blusas, tricôs) que levam a páginas de produto individuais.

Estruturas hierárquicas são ótimas para websites com grandes quantidades de dados, como e-commerce. Primeiro, você estabeleceria suas páginas de informação e outras categorias importantes para os seus visitantes. Um bom ponto de partida são as páginas que recebem mais tráfego.

A partir daí, você pode determinar como o resto das suas páginas se encaixa entre essas categorias. Sempre se certifique que você está fazendo isso de uma maneira que faça sentido para os usuários e para os bots de rastreamento, já que vai ser bem difícil mudar depois.

2. Sequencial

Uma estrutura de website sequencial ou linear é aquela que segue um caminho simples de página-a-página. Elas são mais comuns para websites simples ou quando se cria uma campanha com várias landing pages.

Se você é uma startup ou uma pequena empresa, você provavelmente só tem algumas poucas páginas essenciais para exibir, então essa abordagem deve fazer mais sentido. Isso faz mais sentido inclusive para experiências de checkout de websites grandes como o Gymshark ou KKW Beauty fizeram:

Como Criar uma Estrutura de Site que Melhore seu SEO e Faça Você Subir nos Rankings

O melhor jeito de usar essa estrutura é quando você quer que seu conteúdo tenha uma ordem cronológica. Por exemplo, um curso on-line ou um funil de vendas. Uma estrutura de website sequencial vai garantir que os usuários sigam os passos do jeito que você quer, para tornar o processo o mais claro possível. 

Para começar a usar essa estrutura, procure áreas do seu website nas quais ter uma sequência lógica ajudaria a melhorar a experiência do usuário. Isso pode ser no processo de checkout, destacando os benefícios das suas ofertas, ou para assuntos específicos do seu conteúdo. 

3. Base de dados

Uma estrutura de base de dados é um dos tipos mais complexos de estrutura de website, usando uma abordagem bottom-up.

Essa abordagem requer uma atenção especial ao uso de tags e metadados para criar uma base de dados buscável que os usuários possam acessar. A busca nos websites vem se tornando cada vez mais well-liked e pode ser uma ferramenta valiosa para aumentar suas conversões. 

Aproximadamente 30% das pessoas que entram em um website vão usar sua busca em algum momento. Outro estudo anterior da eConsultancy constatou que quando a busca do website funciona bem, a taxa de conversão dos visitantes é quase duas vezes maior.

Um exemplo de estrutura de base de dados é o Medium:

Medium

Uma grande vantagem da estrutura de base de dados é que ela pode ser personalizada de acordo com as suas necessidades. Ela também pode ser construída ao longo do tempo, uma vez que ela é bottom-up, então você não precisa se preocupar em deixá-la perfeita brand de cara. Conforme seu website for crescendo, os arquivos da sua base de dados anterior vão se tornar parte do próprio conjunto de dados deles, dentro daquela estrutura nova e maior. 

Um desafio que a estrutura de base de dados traz é que você vai precisar de alguém na sua equipe que entenda bastante de programação. Essa é uma parte importante para garantir que nada vai se perder no caminho. 

A primeira coisa que você deve levar em consideração é o nível de dados que seu website tem antes de usar essa estrutura. Se fizer sentido, encontre um programador experiente que possa te guiar na direção certa e comece a fazer a estratégia de categorias. 

4. Matriz

A estrutura de matriz é um dos tipos de estrutura mais antigos da web. Ela é complexa, pouco tradicional e é melhor navegada através de busca e hyperlinks internos. 

A Wikipedia é um exemplo perfeito de estrutura de matrix. As possibilidades de próximo passo que o usuário pode dar são quase infinitas e com mais de 80% do tráfego deles vindo de busca orgânica, funciona. 

Seguir uma abordagem wiki-style é o uso mais óbvio da estrutura de matriz. Ela te permite apresentar uma quantidade grande de dados e informações em um formato de nuvem. Você não precisa se preocupar tanto com relacionamentos pai e filho para páginas ou navegação. O próximo passo da sequência vai depender de cada usuário. 

Essa estrutura deve ser levada em consideração principalmente quando um website tem um foco mais restrito, uma vez que assuntos mais amplos podem ser cansativos para os usuários. Por exemplo, faria sentido como uma base de dados de treinamento para sistemas de empresas ou websites criados por fãs sobre programas de TV famosos.

Para começar, faça uma lista de todas as páginas que podem se conectar umas com as outras e procure oportunidades lógicas para conectá-las.

Como Decidir Qual é a Estrutura Certa Para o Seu Site

A estrutura que você escolher vai depender muito do tipo de website que você está desenvolvendo. Ainda que você possa escolher a estrutura que você quiser para o seu website, é melhor escolher uma que se alinhe com as suas ideias e como os visitantes esperam interagir com o seu website. 

Para websites que têm muitos dados e categorias claras, uma estrutura hierárquica ou de base de dados pode ser a melhor escolha. 

Se você quer oferecer pedaços menores de dados em ordem cronológica, então a estrutura sequencial é uma escolha fácil. 

Quanto à estrutura de matriz, uma abordagem wiki-style acaba sendo a melhor solução. É o que mais faz sentido para websites com muito conteúdo ou com hyperlinks que podem se conectar. 

7 Dicas para Desenhar e Desenvolver a Estrutura do Seu Site 

Antes de entrarmos nos passos que você deve dar para criar uma ótima estrutura de website, vamos mencionar algumas nuances de design e desenvolvimento. 

É algo importante a se considerar de um ponto de vista de experiência do usuário.

1. Otimize Seu Site para Pessoas, Não Bots

Nos últimos anos, tem havido uma lacuna menor do que nunca entre as melhores práticas de otimização para pessoas e para bots. Mesmo assim, alguns proprietários de websites ainda focam mais em otimizar para bots de rastreamento do que para pessoas. Embora isso nunca seja ruim, tenha em mente que você está tentando manter as pessoas engajadas para aumentar as conversões.

Quase 40% das pessoas vão parar de interagir com um website se o conteúdo ou o format forem muito confusos. 

2. Limite o Número de Hyperlinks de uma Determinada Página

É essencial equilibrar o tempo na página e as interações por hyperlinks. Você quer que os usuários se engajem com o conteúdo de uma página atual, mas também incentivá-los a mergulhar mais fundo no seu website.

A chave para esse equilíbrio é manter um número razoável de hyperlinks e garantir que o hyperlink se relaciona com o assunto em questão.

E qual é o número superb? Esse assunto é uma discussão eterna na comunidade de SEO. Um número seguro de se mirar são três a cinco links a cada 1.000 palavras para começar. O mais importante é não deixar as páginas muito pesadas. 

3. Use Hierarquia de Headings

A estrutura do seu website é importante, mas a estrutura de páginas individuais também é.

Quando você usa uma hierarquia de heading, você cria uma estrutura lógica para suas páginas da internet que tanto humanos quanto bots conseguem entender.

Uma hierarquia de headings te ajuda a organizar conteúdo on-page usando diferentes elementos de heading (ex., H1, H2, H3, H4). Esses elementos são relativamente simples de implementar e fáceis de organizar enquanto você melhora a legibilidade de cada página. 

Você também pode testar diferentes tipos de header para ver que tipo de impacto eles têm no engajamento particular person com a página.

4. Mantenha uma Profundidade Rasa de Navegação

Independente do tipo de website que você tiver, seus usuários devem conseguir achar o que eles querem com o mínimo de cliques possível. Segundo John Mueller, do Google, a profundidade do clique tem mais peso no SEO do que a estrutura da URL. 

Embora não haja uma regra exata para o número de cliques, tente limitar a profundidade de navegação a no máximo quatro cliques. 

5. Mostre os Breadcrumbs

Falando em navegação, você deve tornar a navegação para voltar tão fácil quanto para avançar. O melhor jeito de fazer isso é com breadcrumbs.

Segundo uma pesquisa do Baymard Institute, breadcrumbs fazem grande parte do trabalho pesado em sites mobile embora 36% dos websites que os usam não usem toda a hierarquia de categorias em páginas de produto cellular. 

Ao mesmo tempo, 20% dos websites desktop e retumbantes 65% dos websites cellular não usam nada de breadcrumbs em suas páginas de produto. Essa é uma lacuna bastante grande que pode confundir os usuários, uma vez que eles não sabem onde estão no website ou para onde navegar dali. 

Breadcrumbs tornam muito mais fácil para os usuários navegarem de volta para páginas de categoria de nível alto ou para a página inicial em apenas alguns cliques. 

6. Esteja em Dia com a Pesquisa de Palavras-Chave

Se tem uma coisa tão importante quanto a estrutura do website, é o seu conteúdo. 

Para produzir conteúdo que faça sentido para o seu público, você precisa fazer pesquisas de palavras-chave em todas as etapas do processo de desenvolvimento para garantir que todas as páginas estejam otimizadas. 

Segundo o Ahrefs, aproximadamente 95% de todas as palavras-chave recebem 10 ou menos buscas por mês. É muito importante escolher as palavras-chave certas se você quer obter tráfego. 

Por onde começar? Use uma ferramenta de palavras-chave como o Ubersuggest para escolher os termos certos. Ela oferece uma grande quantidade de dados de palavras-chave, insights para melhorar seu tráfego e oportunidades de backlinks. 

7. Inclua um Schema Markup

Para subir o nível da arquitetura do seu site, pense em usar dados estruturados.

Dados estruturados incluem tags, código JSON code, e dados ricos criados para e compreendidos por mecanismos de busca. O uso de dados estruturados é recomendado pelo Google desde 2014. Ele pode melhorar drasticamente a visibilidade, com relatos de websites que tiveram aumentos de 400% em tráfego orgânico de resultados ricos.

Se você quer mais impacto, comece com o schema markup. Ele pode ser facilmente implementado em comparação com o JSON e existem vários guias de schema markup para te ajudar.

Como Planejar uma Estrutura de Site

No que consistem o desenvolvimento e o design da estrutura de um? Abaixo temos um guia passo-a-passo para você planejar a estrutura do seu website. 

Passo nº 1 – Faça uma Pesquisa de Mercado

Não tem nada de errado em inovar na sua abordagem em relação à estrutura do seu website. No entanto, esta deve ser uma decisão intencional.

Preste atenção em como websites parecidos no mercado se estruturam antes de você escolher a sua. Esse pode ser um sinal em relação às expectativas dos usuários e você não quer que o seu website os confunda. 

Antes de começar a planejar, selecione os high 5 a ten concorrentes no seu mercado e veja os websites deles para ver qual estrutura eles usam e quais são os pontos fortes e fracos da configuração deles. 

Passo nº 2 – Desenvolva e Analise seu Público-Alvo

Ainda mais importante do que a concorrência é o seu público-alvo. Antes de tomar uma decisão, você precisa saber quem é o seu público-alvo, quais websites eles visitam e o que eles esperam da experiência do usuário no seu website. 

Não se apresse nessa etapa do processo de planejamento. Essa é a melhor oportunidade para entender como seus visitantes navegam pelos websites concorrentes. Depois de identificar os pontos fortes e fracos, você pode fazer melhorias para que seu website ofereça uma experiência muito melhor. 

Passo nº 3 – Defina a Estrutura e Hierarquia do seu Site

Agora é a hora da verdade. É o momento de usar as informações que você recebeu do seu mercado e da pesquisa de público para entender o tipo certo de estrutura para o seu website. 

Esse também é o momento certo para colocar um UX/UI designer experiente em campo se você ainda não sabe bem qual estrutura faz mais sentido. Eles podem dar ideias valiosas para sua equipe de desenvolvedores, mesmo que não façam parte do projeto inteiro.

Passo nº 4 – Escolha uma Estrutura de URL

A melhor estrutura de URL é uma representação bem próxima da estrutura de website que você escolher. E o que isso significa?

Digamos que você tenha escolhido uma estrutura hierárquica para o seu website. Nela você tem páginas de categoria de nível alto, páginas de categoria de nível baixo e páginas de produto. Uma estrutura de URL simples e eficiente seria mais ou menos assim:

www.exemplo.com/categoria-alto/categoria-baixo/pagina-produto

Essa estrutura de URL oferece um caminho lógico para os usuários seguirem. É bem semelhante à navegação com breadcrumbs que muitos websites hierárquicos usam. 

E a estrutura de URL para um website com estrutura de matriz? Com tantos hyperlinks internos, seria impossível criar uma estrutura de URL lógica, como essa acima. Nesses casos, um atalho seria usar um hyperlink direto simples para o assunto da página. Veja um exemplo de como a Wikipedia faz isso

:

Wikipedia

Passo nº 5 – Desenvolva uma Estratégia de Hyperlinks Internos

Pense em hyperlinks internos como uma forma de contar uma história coesa sobre um determinado assunto, com o bônus de dar aos usuários mais uma maneira de navegar no seu website.

Como mencionado anteriormente, cada link interno que você usa deve ter um objetivo por trás e eles não devem ser usados de forma excessiva. O objetivo é gerar valor para os usuários, não bombardeá-los com mais informação. 

Passo nº 6 – Crie um Arquivo Sitemap

Se você quer que os mecanismos de busca rastreiem o seu website de forma rápida e eficiente, você vai precisar de um sitemap.

Um arquivo sitemap é um mapa que os mecanismos de busca usam para navegar pelo seu website. Ele diz para os bots de rastreamento quais páginas são importantes e como elas estão conectadas entre si. 

Felizmente, o processo de criação e envio do seu sitemap é rápido — costuma levar menos de 20 minutos. 

Passo nº 7 – Faça Testes com Usuários

O trabalho não está terminado só porque o website está no ar. Na verdade, a jornada está só começando. 

Fazer testes regularmente te ajuda a detectar problemas na sua configuração atual. Mesmo que essa configuração não impacte necessariamente a estrutura de website que você escolher, ela pode destacar áreas importantes que você deve rever. 

Isso vai te ajudar a responder perguntas como:

  • Em que parte da jornada os usuários estão ficando empacados?
  • Existem elementos específicos (ex., navegação, busca do website) que os usuários acham difíceis?
  • Que etapas da jornada do cliente podem ser melhoradas?
  • Sua configuração atual tem algum gargalo?

Não é incomum fazer testes com usuários várias vezes, uma vez que você implementa mudanças no seu website com base nos feedbacks dos usuários. Esteja sempre testando e otimizando. 

Perguntas Frequentes Sobre Estruturas de Websites

O que é uma estrutura de website linear?

Uma estrutura de website linear mostra o conteúdo em ordem sequencial, de uma página para a outra. O melhor exemplo disso é o processo de checkout em websites como KKW Beauty.

Qual é o melhor tipo de estrutura de website para SEO?

Quando se trata de SEO, a melhor estrutura de website é a hierárquica. Ela é uma estrutura lógica de fácil rastreamento para bots de mecanismo de busca.

Quantos tipos de estrutura de website existem?

Existem quatro principais tipos: hierárquica, sequencial, base de dados e matriz. 

Quem é qualificado para desenvolver uma estrutura de website?

Um desenvolvedor é a sua melhor aposta quando se trata de desenhar e desenvolver uma estrutura de website. Eles podem trabalhar junto com outros profissionais, como UX/UI designers.

Conclusão: Estruturas de Site

A estrutura de um website impacta sua UX e seu SEO, o que significa que ela é elementary para geração de tráfego e para seu sucesso on-line de forma geral. Como muito planejamento e uma organização cuidadosa, você consegue criar uma estrutura de website que melhore seu SEO e te faça subir nos rankings

A melhor estrutura é a que funciona para as suas necessidades e as do seu público. Escolhendo hierárquica, sequencial, base de dados ou matriz, tenha em mente sempre a experiência do usuário, SEO e pesquisa de mercado. 

Quais das dicas acima para desenhar e desenvolver a estrutura do seu website você achou mais úteis?

Consulting with Neil Patel

See How My Company Can Drive Large Quantities of Site visitors to Your Web site

  • SEO – unlock huge quantities of SEO visitors. See actual outcomes.
  • Content material Advertising and marketing – our group creates epic content material that can get shared, get hyperlinks, and appeal to visitors.
  • Paid Media – efficient paid methods with clear ROI.

Book a Call



Source link

Estaremos encantados de escuchar lo que piensas

Deje una respuesta

I am Freelance
Logo
Shopping cart